lavadora de roupas

lavadora de roupas

 

outros produtos

Roupa

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.

Ir para: navegação, pesquisa

Roupas à mostra em uma vitrine de uma loja.

Roupa, também chamada de vestuário ou indumentária, é qualquer objeto usado para cobrir certas partes do corpo. Roupas são usadas por vários motivos. Roupas são usadas por questões sociais, culturais, ou por necessidade. Outros objetos que são carregados ao invés de serem vestidos sobre certas partes do corpo são chamadas de acessórios, como por exemplo, sombrinhas, bolsas e mochilas.

O uso de roupas é considerado na maior parte do mundo como parte do bom senso e da ética humana, guiado por valores sociais, sendo considerada indispensável pela maioria das pessoas, especialmente em lugares públicos. Os materiais utilizados para a confecção das roupas podem ser naturais, tais como algodão, seda ou couro, ou sintéticas, tais como acrílico, por exemplo.

Índice

[esconder]

*   1 O uso de roupas

*   1.1 Conforto e decoração

*   1.2 Questões culturais

*   1.3 Necessidade, praticidade e/ou identificação

*   1.4 Status social

*   2 História

*   2.1 Pré-história

*   2.2 Antiguidade

*   2.3 Idade Média

*   2.4 Renascimento

*   2.5 Revolução Industrial

*   2.6 Século XX

*   2.7 O futuro

*   3 Confecção

*   3.1 Fabricação

*   3.2 Desenho

*   4 Manutenção

*   5 Bibliografia

*   6 Ver também

*   7 Ligações externas

*   8 Ligações externas

*   9 Referências

[editar] O uso de roupas

O tipo de roupas usadas por uma dada pessoa varia de região a região e de pessoa a pessoa, e também da ocasião. Isto acontece basicamente porque:

*   Diferentes roupas são usadas em diferentes ocasiões e lugares, como, por exemplo, trabalho, escola ou casa.

*   Diferentes roupas são usadas em climas diferentes.

*   Como no verão:Usamos roupas mais leves e frescas.

*   Diferentes crenças e opiniões, como religião ou mera questão de conforto, por exemplo.

*   Diferentes materiais disponíveis para a fabricação de roupas. Estes materiais variam de região a região e produzem roupas com características diferentes. Com o advento da globalização, elas podem ser facilmente transportadas de um local a outro.

*   Diferenças no modo de fabricação destas roupas. Na maioria dos países industrializados, pessoas compram roupas que já estão prontas para o uso. Mas em países pouco industrializados ou menos desenvolvidos, ou em lugares isolados, pessoas fabricam suas próprias roupas em casa.

*   Diferença no poder de compra das pessoas.

 

[editar] Conforto e decoração

No dia-a-dia, a maioria das pessoas usa roupas que são confortáveis na sua opinião. Muitas pessoas também usam roupas que as fazem sentir atractivas aos olhos de outras pessoas. Mesmo roupas cujo principal objetivo é proteger, como roupas de chuva, são feitas em cores e estilos diferentes. Muitas pessoas aceitam mudanças frequentes em estilos de roupas porque elas querem sentir-se atractivas vestindo a mais nova tendência. É a moda. Uma mulher, por exemplo, pode parar de usar um velho vestido, mesmo que este esteja em ótimas condições. Ela o faz porque acredita que esta roupa não a faz tão atractiva quanto outro tipo mais novo de vestido.

Por outro lado, outras pessoas acreditam que é errado o uso de roupas para mera decoração, e que, em vez da vaidade, pessoas deveriam importar-se com problemas maiores. Membros do grupo religioso amish pensam desta maneira. Homens deste grupo vestem simples roupas pretas e as mulheres, vestidos longos e simples.

[editar] Questões culturais

Duas crianças gregas, em roupas típicas.

Ao longo da história, diferentes civilizações vestiram roupas mais por motivos culturais, como decoração ou ornamentos, do que por necessidade. Em sua viagem em torno do mundo, Charles Darwin, na Terra do Fogo, Argentina, notou que certos nativos da região cobriam sua pele apenas com uma fina camada de tinta, mais uma pequena pele de animal na parte superior do corpo. Isto contrastava com o clima da região, frio e instável. Tais pessoas usavam tais roupas por motivos culturais, e não por necessidade.

Antigamente, o tipo de roupa usada era diferente em culturas diferentes, e era parte dessa cultura, passada de geração a geração. Mesmo atualmente, e na maioria das sociedades, incluindo a sociedade ocidental, roupas são usadas devido a alguma influência social e cultural. Apesar disso, com o advento da globalização, as roupas tradicionais ficaram cada vez mais esquecidas, sendo que cada vez mais pessoas usam roupas por questões de conforto ou necessidade. Por exemplo, muitas pessoas usam camisas porque elas são confortáveis, simples de usar e duradouras. Alguns exemplos conhecidos de roupas tradicionais que fazem parte da sociedade ocidental incluem o vestido de noiva branco, ou a cor preta em funerais.

Muitas pessoas vestem um certo estilo de roupas buscando serem aceitas por um grupo social. Isto acontece especialmente entre os adolescentes. Os membros destes grupos sociais, compostos de pessoas que possuem certos gostos em comum, tendem a se vestir de maneira similar. Muitos desses adolescentes buscam se vestir igual ou de modo parecido a seus ídolos, como, por exemplo, cantores famosos. No Japão, por exemplo, vários adolescentes gostam de vestir-se da mesma maneira que personagens de mangás famosos.

Outras pessoas usam roupas como um modo de protesto. A novelista Amandine Dupin usava roupas masculinas, a contra-cultura da década de 1960 e também os punks. Inscrições, palavras ou frases podem aumentar o poder de choque destas maneiras de protesto. Roupas também podem ser usadas como meios de propaganda.

[editar] Necessidade, praticidade e/ou identificação

Pessoas também usam roupas por necessidade. Médicos e enfermeiros usam roupas como uma medida de proteção leve contra microorganismos, por exemplo. Pessoas que lidam com materiais radioativos usam roupas de proteção especiais, que cobrem todo o corpo, de modo a proteger a pessoa de perigosos raios eletromagnéticos. Soldados usam roupas que buscam proteger o usuário, através da camuflagem. Nadadores usam pouca roupa, porque roupas possuem pouca praticidade dentro da água.

Roupas usadas em certos ambientes da sociedade são padronizadas, para facilitar a identificação de seus usuários e sua ocupação. Por exemplo, crianças em muitas escolas usam uniformes para identificação da escola onde elas estudam. Pessoas trabalhando como tripulantes de uma linha aérea usam uniformes fornecidos por tais companhias. Jogadores de um time esportivo (por exemplo, um time de futebol) usam um uniforme padrão que identificam os jogadores e os diferenciam dos jogadores de outros times. Outros exemplos são movimentos e grupos sociais.

O tipo de roupa usada varia com as tempo da região, especialmente com respeito à

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s